the diffusion curve

The diffusion curve – a curva difusa

A curva difusa (diffusion curve) se parece muito com uma curva normal, conforme ilustração abaixo.

5 - Diffusion Curve

Ela é composta por três partes: os Early adopters (aqueles que adotam primeiro), os Middle adopters (a grande maioria) e os Late adopters (os que adotam posteriormente).

Como deve ser aplicada? Há duas maneiras. Corporativamente, essa curva te ajuda a entender como sua empresa está perante o mercado. Individualmente, ela pode ser usada para uma reflexão acerca das tecnologias e inovações.

Uso corporativo: faça a reflexão – sua empresa é aquela que lança uma nova tendência, uma nova estratégia, um novo produto ou serviço? Se sim, provavelmente ela é uma Early adopter, e dita o mercado.

Se ela for aquela que passa a adotar determinada estratégia junto com as demais do mercado, é aquela “vai com as outras”, espera as pioneiras atuarem e depois as segue, ela é uma Middle adopter e encontra-se junto com a grande maioria do mercado.

Agora, se sua empresa for aquela que adota as novas estratégias e posicionamentos somente quando praticamente o mercado todo as adotou, então você é um Late adopter, um retardatário no mercado.

Individualmente: Pense em como você lida com as tecnologias. Se você for aquela pessoa que assim que lançam uma nova tecnologia, pesquisa a respeito, compra o produto e experimenta, você é um Early adopter.

Se for aquela pessoa que espera os influenciadores darem suas opiniões acerca das inovações e entra em contato com elas junto com as demais pessoas, você é um Middle adopter.

Porém, se você for aquela pessoa que não se importa com as tecnologias e inovações, e somente entra em contato com elas quando elas inclusive estão mais baratas ou se já está para surgir uma nova tecnologia, você é um Late adopter, e encontra-se no final da curva.

Por que esse exercício é importante? Identificar onde você e sua empresa estão na curva é interessante para avaliar se está na hora de mudar as estratégias e atitudes. No mercado, se você for um Late adopter, corre o risco de se tornar obsoleto e, na pior das hipóteses, ser engolido pelo mercado. Se sua empresa for uma Late adopter, ela precisa urgentemente se mexer para não ficar para trás!

O mesmo ocorre com o seu comportamento perante novas tecnologias e inovações. As mudanças ocorrem com uma rapidez incrível e você deve acompanhá-las para não se tornar uma pessoa atrasada. Estude as tendências e conheça as novidades, principalmente se isso for importante para sua profissão e carreira.

A curva difusa ajuda a enxergar seu posicionamento perante algo. O importante é fazer o exercício e, se você estiver no final da curva, atente-se para não ficar para trás e faça um plano para mudar suas estratégias e atitudes.

Um beijo,

Naty

Talvez você se interesse por:

Jobs to be done – desvendando o produto

Plano de comunicação nas mídias sociais – Os 4 Cs

2 comentários em “The diffusion curve – a curva difusa”

    1. Olá Iraní,
      Depende muito do foco que você quer dar para o exercício.
      No caso de tecnologia, por exemplo, pode-se avaliar se você é um heavy user, um light user ou se está no meio do caminho. Já pensando no mundo corporativo,cada empresa cria os seus parâmetros. Pode-se avaliar o pioneirismo das estratégias e do posicionamento das empresas no mercado, ou então nos lançamento de produtos e serviços.
      A ferramenta é baseada em reflexão, mas há como criar parâmetros dependendo do tema que se está avaliando. Te ajudei?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.