palestras customizadas

Design Thinking para solucionar problemas

Design Thinking

O Design Thinking é uma ferramenta para resolver problemas e construir oportunidades. É também um processo rápido para resolver problemas do cotidiano e trazer soluções mais inovadoras e sustentáveis para a economia.

No ambiente corporativo, é indicado para negócios que têm interesse em criar experiências de consumo para seus clientes.

Essa ferramenta ainda ajuda a ampliar o conhecimento sobre o consumidor.

A chave é: construir uma boa ideia. Leve em consideração três critérios, que são a base de uma boa ideia.

  • Desejabilidade: a ideia deve fazer sentido para as pessoas;
  • Praticabilidade: a ideia precisa ser funcionalmente possível, caso contrário nunca sairá do papel;
  • Viabilidade: uma ideia sustentável. O problema futuramente não deve reaparecer.

Não existe uma única forma de promover a inovação nas empresas. são diversas ferramentas que auxiliam no processo de inovar. A ênfase nas necessidades humanas é o que orienta o design thinking.

O design thinking é pautado em alguns parâmetros

  • Empatia: capacidade de se colocar no lugar do outro pra entender seu comportamento e sentimento;
  • Colaboração: pensar em equipe, valorizar o trabalho interdisciplinar e o heterogeneo para encontrar soluções para os problemas;
  • Experimentação: coleta e análise de dados, focados nas necessidades das pessoas, visando a criação de ideias.

Metodologia da Solução criativa de problemas

  • Solução: inventar caminhos para responder, atender ou satisfazer o problema.
  • Criativa: ter elementos de novidade e inovação.
  • Problema: qualquer situação desafiadora oferece uma oportunidade.

Processo de inovação com Design Thinking: composto pelos seis passos da solução criativa de problemas:

IMERSÃO:

  • Entender: ponto de partida. Deve-se entender o objetivo ou problema no qual se vai trabalhar.
  • Observar: momento de coletar dados (tanto históricos, quanto atuais, como tendências). Fica mais clara a realidade em que o problema se encontra.

IDEAÇÃO:

  • Definir: saber o que você quer (problema) e o que te limita (barreiras). Nesta fase é possível ter mais certeza das circunstâncias do problema.
  • Idealizar: etapa de gerar ideias. Para isso, é preciso verificar as possíveis soluções e alternativas para resolver o problema. Feita através de brainstormings divergentes (ideias sem pré-julgamentos).

IMPLEMENTAÇÃO:

  • Prototipar: momento de selecionar e refinar as ideias de forma assertiva. Feito o filtro, é preciso desenvolver a solução, fortalecendo-a.
  • Testar: tem a finalidade de validar as soluções com as pessoas e prever eventuais gargalos e problemas, reduzindo riscos. Se a ideia definida for a melhor ideia, o passo seguinte é o plano de ação. Caso contrário, deve-se retornar ao passo anterior e verificar se há alguma solução melhor.

Solução de problemas; criatividade; solução criativa; solução criativa de problemas.

Nathália tramontina CEO do Portal de Ideias

Gostou? Você pode gostar também dos artigos

Game changer, o profissional visionário.

Tenha um pensamento integrador e se torne um inovador

Uma conversa sobre 2030

Deixe seu comentário. Queremos muito te ouvir. Suas ideias nos alimentam.

Portal de Ideias – Onde uma ideia leva a outra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.