Líderes. A geração Z está aqui. Preparem-se: eles são diferentes

Entender o comportamento dos jovens da geração Z é pauta na agenda dos executivos. Como é a nova geração que está entrando no mercado de trabalho?

A tarefa que novos líderes têm que assumir é conhecer as angústias e anseios dos jovens entrantes. Isso é fundamental para que o bom relacionamento e o sucesso da equipe sejam garantidos.

Está aí a geração Z.

Vem aí a geração Z. O que dizer dessa geração? É uma geração que pensa trabalho de forma diferente.

Essa geração pensa e age de forma muito diferente de gestores da geração X , profissionais seniores em muitos postos nas empresas; e de gestores da geração Y, que ocupam postos de liderança.

Diferentes olhares para o trabalho

Baby boomers

Alguns baby boomers ainda estão por aí. São donos de empresas, acionistas, compõe os conselhos administrativos de grandes corporações. Uma geração com mais de 60 anos. Uma geração que passou por adversidades, que trabalhou muito duro para garantir uma vida boa para seus filhos, da geração X.

Geração z e baby boomer trabalhando juntas
baby boomer

Geração X

A geração X, por sua vez, se preparou e obteve muito sucesso. Passou por décadas de economia estável e crescente e alcançou um sucesso profissional maior do que imaginava.

Geração X e geração Y trabalhando juntas
geração X

Geração Y

A geração Y iniciou um novo ciclo. Os jovens tinham muitas expectativas, pois viram seus pais obterem sucesso. Cresceram acompanhando o sucesso das famílias dos amigos nas redes sociais. Viram os sonhos de conquistas mudar na virada econômica com a crise de 2008. A dificuldade para entrar no mercado de trabalho aumentou.

homen da geração Y

Como essa conta de mercado em crise versus busca pelo sucesso que não fechou, muitos jovens se frustraram e ficaram perdidos em relação às carreiras que escolheram. A geração y teve uma boa formação e não se contenta com pouco. Sente-se preparada, mas muitos não puseram a mão na massa.

Além disso, ela visa o propósito mais que o dinheiro. Não se apega às empresas. Trocam de empresa de acordo com o que ela oferece em termos de qualidade de vida. É menos conformada com o descompasso entre esforço e recompensa.

Geração Z

geração Z

Agora que finalmente as empresas entenderam a Geração Y, a Geração Z chega no mercado de trabalhocom aspirações diferentes.

Quando os primeiros Z entraram na adolescência o contexto já era outro. Os negócios gerados pelas inovações tecnológicas na era nuvem já estavam se desdobrando.

Motivados pela mudança de comportamento no consumo, assimilou rapidamente o uso das novas ferramentas tecnológicas.

Como as empresas enxergam a geração Z?

Percebem por um lado, o estímulo tecnológico, a rapidez na execução de tarefas e o autodidatismo.

Por outro, o consumo de informações rápidas, a tendência ao individualismo, o imediatismo e certo desengajamento em relação aos objetivos maiores da empresa que trabalha.

A ambição da geração Z e a realidade do mercado

A realidade das empresas nem sempre se enquadra na ambição da nova geração. A maioria das empresas é liderada por integrantes da geração x que não entendem nem aceitam a ansiedade pelo crescimento acelerado.

Já os millenials em breve serão maioria nas organizações. Eles serão a ponte e precisam conhecer melhor os jovens de hoje para a sobrevivência dos negócios. Se conseguirem engajá-los terão mais chances de crescimento profissional.

Como engajar os Zs?

É preciso se adaptar. O novo profissional não é fiel a uma empresa e seus valores falam mais alto.

As empresas precisam se adaptar às novas demandas. Impor sua cultura e normas não funcionará com esse público.

É preciso aprender a se comunicar com a nova geração. A transparência e frequência são fundamentais.

A comunicação precisa chegar nas mídias que eles se conectam.

Acertar a linguagem para comunicação assertiva para esse grupo. Escolher o formato das mensagens e velocidade exigida por essa geração.

Tudo isso conta para o sucesso das organizações.

Alinhar expectativas

Geração X e geração Y trabalhando juntas
mentoria

Colocar os jovens em contato com os executivos para discutirem ou participarem de algum tipo de mentoria é uma oportunidade para alinhar expectativas. O coaching pode ser uma opção interessante.

As trocas entre o gestor e o liderado devem ser mais constantes. Assim, os mal-entendidos podem ser evitados.

Para conhecer melhor essa nova geração que, em breve assumirá o controle das organizações, é preciso primeiro se aproximar dela. Eles estão muito abertos ao novo, à conversa e às oportunidades.

São jovens confusos que buscam um futuro promissor.

Nathália Tramontina CEO do portal de ideias

Se esse é um tema relevante para a sua empresa, entre em contato conosco. Quatro gerações e um mesmo propósito é a temática de um dos nossos treinamentos.

O programa Pais Parceiros do Futuro foi desenvolvido para preparar os pais para serem o suporte do jovem na escolha profissional. Esta é outra frente de atuação do Portal de Ideias. Essa iniciativa visa preparar o jovem para seguir uma trilha de formação profissional assertiva e alinhada com as novas exigências do trabalho 4.0.

Gostou? Leia também

Gostou desse artigo? Quer ser um líder capaz de grandes guinadas nos negócios? O Portal de Ideias sugere as leituras do artigos: 

Aumente o nível de confiança da sua equipe em você. Criar relações de confiança é tarefa fácil. Manter é um desafio.

Liderar com atitudes e comportamentos. Gestor ou líder? O talento para liderar tem mais a ver com atitudes e comportamentos do que com conhecimento e domínio das ferramentas de gestão.

Como líderes devem se preparar para uma avaliação desempenho construtiva? Transformar a avaliação do desempenho em gestão de desenvolvimento é usar a ferramenta com inteligência.

Game changer, o profissional visionário. Vamos focar no Profissional capaz de mudar o jogo dos negócios.

Gestão empresarial de sucesso? Conheça os 13 critérios de quem fez acontecer.

Não deixe de ver nossos cursos de preparação de líderes.

A postura do time de sucesso.  Você desenvolverá o time e alavancará seu próprio desenvolvimento como líder e gestor.

Reconhecerá facilmente os perfis dos integrantes do time, independentemente do tamanho das equipes. Saberá como lidar com as âncoras e os colaboradores de média performance.

Não perca a oportunidade de ser  o protagonista da transformação do seu time.

Desempenho ou comportamento inadequado: o que fazer? Aprenda a usar a ferramenta de gestão mais poderosa para tratar questões delicadas de desempenho ou comportamento.

O guia de checagem de gestão impacta positivamente a empresa, outros funcionários, os clientes, a equipe como um todo, o próprio funcionário e você-gestor. 

Descomplique: Comunicação eficaz sem ruídos. Saiba dizer o que pensa sem motivar retaliações e faça sua carreira deslanchar!

Deixe seu comentário. Queremos muito te ouvir. Suas ideias nos alimentam.

Portal de Ideias – Onde uma ideia leva a outra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.