A Roda da Vida identifica o que precisa mudar

Já ouviu falar na Roda da Vida?

A Roda da Vida é uma ferramenta bem simples e interessante, muito usada por coaches para fazer um exercício de autoconhecimento.

Com ela você vai enxergar como está sua vida hoje, perceber o precisa ser mudado e traçar as ação para equilibrar seus projetos, seus amores, sua saúde e seus dias.

Faça a roda da sua vida

você conseguirá:

  • Ampliar seu autoconhecimento
  • Enxergar quais áreas estão mais valorizadas e menos valorizadas em sua vida
  • Identificar o que precisa ser feito (plano de ação) para garantir um maior equilíbrio entre aspectos pessoais, profissionais, de relacionamento e outros
  • Redefinir prioridades

Na roda da vida há diversas categorias voltadas para a rotina e para a vida da pessoa.

Roda da Vida
Roda da Vida

Em cada categoria, a pessoa dá uma nota de 0 a 10 em termos de prioridade no dia a dia.

Escolha seus critérios

Os critério para as notas são da pessoa que está realizando o exercício. As notas refletem o que ela está sentindo no momento em relação a como ela gostaria de estar em seis meses ou um ano.

Hoje em dia há diversas versões da Roda da Vida.

Você pode analisar os aspectos que desejar. Sugiro que foque nos seguintes temas: pessoal, profissional, relacionamento e qualidade de vida. É possível criar subcategorias, dentro dessas categorias macro. Veja as roda sda vida a seguir:

Roda da Vida
Roda da Vida

Preencher a roda da vida pode ser desafiador. Para ajudar, dou um exemplo. Imagine que na categoria saúde você já se alimenta bem. Faz algum esporte sem regularidade. Você sabe que está no caminho certo e que há espaço para melhorar: pode dar nota 6 ou 7.

Ao definir uma nota, faça uma marcação. Una os pontos para formar uma figura.

Roda da Vida
Roda da Vida

Faça uma comparação entre as categorias e, pelo formato do desenho, é possível enxergar melhor quais são as áreas críticas que devem ser trabalhadas – aquelas que tiveram nota baixa.

Defina um plano de ação

Monte planos de ação para buscar o equilíbrio. Isso te ajuda a tomar decisões e fazer planos pessoais. Priorize as áreas mais afetadas e defina o que você pode fazer para melhorar esses resultados.

Para auxiliar a entender melhor cada categoria, segue uma breve definição de todas.

Qualidade de vida:

Espiritualidade: equilíbrio interno, paz interior, coerência com seus valores.
Saúde: corpo, alimentação, prática de exercícios físicos.
Lazer: tempo para praticar hobbies e atividades que lhe deem prazer.

Pessoal:

Intelectual: atividades que trazem conhecimento – formação, cursos, treinamentos, etc.
Emocional: equilíbrio emocional e mental – confiança e controle para lidar com situações no dia a dia.
Felicidade: plenitude, realização, satisfação.

Profissional:

Carreira: profissão que gera desafios, satisfação, crescimento e desenvolvimento. Sucesso, realização e desenvolvimento.
Finanças: renda equilibrada para suprir as necessidades básicas e seu padrão de vida. Investimentos, gastos conscientes, plano de aposentadoria.
Contribuição: impacto na comunidade, trabalho voluntário, filantropia, etc.

Relacionamento:

Família: relações no ambiente familiar, convívio, respeito, etc.
Amor: cultivo da relação, diálogo, vida sexual, parceria, etc.
Social: relação com amigos, colegas de trabalho e outros.

Se muitas categorias precisarem de planos, foque numa primeiro e depois vá aplicando para outras. É melhor focar para fazer bem feito o plano de ação.

Sucesso! Esse é um exercício muito bacana.

Quer ajuda pra encarar essa empreitada? Conheça a Matriz de Urgência e Importância e aprenda a priorizar tarefas e saiba como definir metas eficientes.

Nathália Tramontina CEO do Portal de Ideias

Deixe seu comentário. Queremos muito te ouvir. Suas ideias nos alimentam.

Portal de Ideias – Onde uma ideia leva a outra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *