Sabe com o que vai trabalhar?

Escolha Certa + Trabalho = Sucesso?

trabalhar. imagem de uma jovem trabalhando
trabalhar

É preciso fazer a escolha certa para não se decepcionar com a profissão que escolheu. Esse post vai discutir os cuidados para não errar mesmo achando que sabe o que quer ser.

Trabalhar feliz depende de boas escolhas. É comum crer que os ingrediente para fazer escolhas são cinco:

  • saber o que quer fazer;
  • seguir a trilha de formação profissional que escolheu;
  • gostar do que faz;
  • ter disposição para trabalhar;
  • dar tempo ao tempo pra ser o profissional que sonhou.

um pé no mundo corporativo

Se sua intenção é trabalhar no mundo corporativo é preciso conhecer três portas de entrada para quem nunca trabalhou. Essas portas se abrem em certos momentos da sua vida de estudante.

As vagas para quem tem pouca ou nenhuma experiência são: As de menor aprendiz, de estagiário e trainee.

Essas portas são importantes, e começar a trabalhar por aí é bem bacana. Um menor aprendiz poderá se candidatar a vagas de estágio e o estagiário poderá se candidatar a vagas de trainee.

Quem não tiver experiências de trabalho ao se formar, pode não encontrar portas abertas e precisará preencher requisitos específicos para iniciar uma carreira corporativa.

saia da bolha

Seus pais acham que esse é o momento de você se dedicar só aos estudos?

Imagino que você sempre estudou em escolas particulares. Frequentou aulas de inglês, natação e computação. Tem amigos que só estudam, estou certa? Saia da bolha.

Incentivar o filho a trabalhar durante o ensino médio é algo que não passa pela cabeça de muitos pais. É um posicionamento sedimentado na própria vivência.

Na época que seus pais começaram a trabalhar o que definia o futuro profissional era o conhecimento e o domínio técnico. Os pais que puderam só estudar tiveram facilidades para entrar no mercado de trabalho. Os pais que precisaram trabalhar sentiram que faltou tempo para estudar e precisaram driblar obstáculos para chegar onde chegaram.

Acha que as empresas investem em programas de menor aprendiz para ajudar o jovem que precisa?

Sei que você e seus pais acreditam que um menor aprendiz não frequenta os colégios bacanas, não aprende as coisas que você aprende e não domina língua estrangeira com a facilidade que você domina. Vai errar quem imaginar que o mundo corporativo prefere você a ele. Tome cuidado: isso está mudando.

trabalhar um novo perfil de colaborador

Hoje o conhecimento é uma exigência da vaga. É um software que faz a pré seleção dos currículos e tira da disputa os candidatos que não tem o conhecimento necessário. É com os candidatos que dominam o conhecimento que você e seus colegas de escola vão disputar uma vaga. Na hora da verdadeira seleção para o primeiro trabalho todos os candidatos são iguais.

O que te faz diferente dos demais para ser o escolhido?

O que faz uma empresa optar por um candidato pré qualificado são outros critérios, cada vez mais importantes. E é a análise desses novos critérios que faz o jovem que lutou por oportunidades ocupar a vaga que você quer.

É hora de você rever conceitos de vida, pensar no que quer ser e conversar sobre isso com seus pais.

você vai fazer o que quer fazer?

Ok, você sabe o que quer fazer. Se você se imaginou trabalhando numa determinada ocupação, fique alerta. Já no estágio você vai perceber que nem sempre as empresas têm a ocupação que você quer para ofertar. As profissões tem especialidades e diferentes ocupações.

trabalhar
uma jovem faz buscas no computador

É importante ter uma visão realista do mercado de trabalho para não se frustrar com a carreira que escolheu.

Ao entender os caminhos que terá que percorrer antes de chegar onde quer chegar você evita erros e desencanto. 

Não é errado querer ser especialista ou querer trabalhar em uma função específica.

Busque uma profissão que tenha várias possíveis atividades que você gosta. Cada vez mais as empresas buscam profissionais versáteis.

Resumo da ópera: Escolher uma formação profissional pensando só em trabalhar numa ocupação pode ser uma fria.

Isso é verdade!

Nem sempre o mercado de trabalho quer os melhores. As empresas contratam um profissional para preencher uma vaga disponível. Isso quer dizer que o colaborador vai fazer o trabalho descrito na vaga.

Se o trabalho não for complexo ou se o budget para a vaga for pequeno, a empresa pode optar por contratar alguém menos qualificado e desenvolver as habilidades que ele não tem. Quando o colaborador está feliz com o que faz contribui para manter o bom clima na área.

Para evoluir na carreira corporativa você vai ter que se dedicar ao trabalho da sua vaga. Só depois de mostrar um bom desempenho poderá pensar em se candidatar a outra vaga que aparecer.

quero ser autônomo

Hoje muitos profissionais liberais trabalham para empresas prestadoras de serviços e seguem as regras do mercado. São avaliados pela excelência e pela produtividade. Essa nova realidade muda tudo, tira o glamour das profissões liberais e impacta a rotina do profissional.

uma paciente está sendo tratada por um dentista

No começo da vida do profissional da saúde o trabalho é insano, em horários diversos, sem folgas nos finais de semana e com pouco tempo para a educação continuada tão necessária.

Muitos jovens sentem o desconforto e a desilusão com a profissão já no início da carreira.

Ao fazer sua escolha fique atento para a jornada de trabalho. Perceba se ela é compatível com a vida que você quer ter.

A atenção para a jornada é importante para todos que pensam um dia ser jornalista, esportista, piloto, engenheiro aeronauta, médico, enfermeiro, profissional do turismo…

vou trabalhar no meu negócio

Caso queira abrir o próprio negócio, você precisará aprender muito mais do que comumente se aprende num curso de administração de empresas.

Seu conhecimento deverá ser mais abrangente. Você precisará saber tudo sobre o seu produto e desenvolver expertise para fazer um negócio novo sobreviver. Vai ter que conhecer e operar softwares sofisticados para o gerenciamento financeiro; ou gerenciar estratégias e de vendas.

Terá que operacionalizar a comunicação e fomentar a gigantesca estratégia de marketing para tornar o negócio sustentável. Não bastasse tudo isso, você vai ter que desenvolver sua liderança.

Comece a se experimentar cedo, em pequenos voos, e busque aprendizados e certificações fora das universidades. Quer ter o poder de decisão? Prepare-se.

o terceiro setor é a minha praia

Se o sonho for trabalhar em projetos sociais ou na preservação do meio ambiente, você encontrará no terceiro setor exemplos de trabalho com propósitos claros que tenham afinidade com seus valores.

Todas as profissões tem espaço nesse mercado e há postos de trabalho em fundações, associações comunitárias, organizações não-governamentais, entidades filantrópicas. Iniciativas privadas, porém sem fins lucrativos, que atuam em prol do bem comum e da cidadania.

Para trabalhar no terceiro setor você precisa desenvolver alguns pré requisitos. Vamos à eles:

  • Ter afinidade com a causa
  • Ser criativo, flexível e amigável
  • Se identificar com os valores da organização
  • Ser proativo, disponível e organizado
  • Ter ambições financeiras alinhadas com os propósitos do setor.

pontapé inicial

Para dar início a uma carreira de sucesso no mundo corporativo ou fora dele é preciso mais que velocidade, praticidade e habilidades tecnológicas. É preciso ter uma formação profissional mais holística e sentir o gostinho do mundo do trabalho mais cedo.  

E o que isso significa? Para se destacar você precisará das habilidades sociocomportamentais do trabalho e das experiências que a exposição precoce ao trabalho comprometido dá.

Começar cedo tem vantagens que aparecem numa entrevista de seleção. É o que você já fez e viveu que permite a análise da sua adesão ao perfil profissional que o mercado busca. Isso não se aprende na escola.

A grande missão dos pais e da sociedade, é educar emocionalmente seus jovens e prepará-los para enfrentar os desafios impostos pela vida, com plena inteligência.

Nathália Tramontina CEO do Portal de Ideias

Deixe seu comentário. Queremos muito te ouvir. Suas ideias nos alimentam.

Portal de Ideias – Onde uma ideia leva a outra.

Deixe uma resposta